San Pedro e o Voo do Condor


San Pedro

O San Pedro (ou São Pedro) é um cacto nativo da Cordilheira dos Andes, cujo nome tem origem no catolicismo, quando se fala de morte, numa alusão à transcendência que a planta proporciona com o papel de São Pedro no Cristianismo: é a “chave” para entrar no céu.

A mesma relação é estabelecida com o xamã que recebe as “chaves” que abrem as portas do mundo invisível durante um ritual.

Esta planta tem sido utilizada há séculos pelos índios do Peru e Equador e é conhecida pelos xamãs por estar sempre em harmonia com os poderes dos animais. É aplicada para a cura de enfermidades, incluindo o alcoolismo, problemas mentais, etc

É uma das plantas mais antigas da América do Sul, conhecida também por Wachuma, Huachuma, Achuma, Agua Colla, Cardo, San Pedrito, etc

Nome científico: Echinopsis pachanoi – contém um alcaloide chamado mescalina.

Os efeitos da mescalina duram aproximadamente 10 a 12 horas.

Conta-se que entre os Incas os jovens eram iniciados com a Ayahuasca, para que primeiro conhecessem o mundo interior. Esta planta era chamada de “soga de muerto”, pois quem a bebe, morre e renasce.

Depois bebiam o Wachuma, usado em todas as cerimônias e rituais pelos sacerdotes incas, pois esta os fazia ter o contato com Deus, dando-lhes conhecimento.

Wachuma significa “ébrio e consciente”.

Nesta segunda edição da Busca da Visão, teremos um ritual dedicado à San Pedro.

Saiba mais clicando na nossa programação.

#sanpedro #voodocondor #wachuma

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square